O Laboratório de Imunologia Aplicada estuda a relação hospedeiro-fungo em três diferentes vertentes: Em uma delas, avaliamos o potencial patogênico dos fungos Cryptococcus neoformans, Fonsecaea pedrosoi Paracoccidoides brasiliensis e a  resposta imune inata do hospedeiro mamífero em infecções experimentais com estes fungos.  Além desta vertente, também avaliamos o papel imunomodulador de peptídeos obtidos de vespas ou escorpiões bem como das glucanas presentes na parade celular de fungos e cogumelos. Por último, fármacos tradicionalmente utilizados e substâncias imunomoduladoras são nanoencapsulados para ensaios não clínicos.